Header Ads

"Margherita, a mulher que inventou Mussolini" estreia dia 1 na RTP2


Nascida em 1880, Margherita Sarfatti continua praticamente esquecida. De origem judia, passou grande parte da sua juventude em Veneza. Margherita, a mulher que inventou Mussolini é o documentário que acompanha a vida desta mulher e que estreia quarta-feira, às 23h00 na RTP2.

Margherita Sarfatti, amante e conselheira de Mussolini, foi uma mulher brilhante que exerceu grande influência sobre este líder e na vida cultural italiana. Através de documentos de arquivo, textos autobiográficos e cartas de amor, o cineasta francês Pierre-Henry Salfati apresenta-nos o retrato da mulher que ajudou a criar o mito de Mussolini.

O pai de Margherita Sarfatti proporcionou-lhe os melhores tutores, mas isso não a impediu de se tornar uma militante socialista e mais tarde membro respeitado do partido feminista de vanguarda. Impulsionadora do Novecento, movimento artístico aliado ao fascismo, apoiou as figuras mais destacadas da época. 

Para Mussolini, Margherita era a sua sombra, o seu fantasma e a caneta dos seus discursos. Ela sacrificou a vida por Mussolini, tudo para que ele apenas estivesse ao seu lado. Margherita foi “a outra mulher do Duce”.

Sem comentários