Header Ads

Saídos da Rádio | Ménage




Seja bem-vindo a mais uma edição do Saídos da Rádio, a rubrica do Fantastic onde damos a conhecer novos talentos da música portuguesa. Nesta edição, entrevistamos a banda luso-canadiana Ménage.

A banda é formada pelos irmãos Ferreira, que passaram a sua infância entre Toronto e uma pequena cidade em Portugal, de onde são naturais. Conheça agora esta banda que tem feito sucesso por todo o mundo, tendo recentemente chegado à China.

Nota: As resposta são apresentadas em inglês e em português, uma vez que a entrevista foi realizada na primeira língua. A tradução para português é livre, mantendo apenas a ideia principal da resposta dos entrevistados.

Os Ménage são uma banda luso-canadiana que surge da vontade de três irmãos, da família Ferreira, em criar um projeto. Como é que tudo começou?

PORTUGUÊS: Penso que foi a combinação de alguns fatores, na nossa casa... O nosso início no mundo da música foi o resultado de longos invernos frios no Canadá, passados dentro de casa, da obsessão com MuchMusic e videoclips (MTV do Canadá). O nosso pai cresceu na África do Sul, onde aumentou a sua coleção de discos vinil de grandes nomes da música, principalmente música britânica dos anos 60. Seguiram-se os vários instrumentos a ocupar a sala de estar, com momentos de composição e ensaios.

ENGLISH: I think it was a combination of a few factors in our home.. Our beginnings in music were the product of long cold winters in Canada spent indoors and the obsession with Muchmusic and video clips (Canada’s MTV). Our father spent his youth growing up in South Africa where he was exposed to and accumulated his large vinyl collection of mainly British music of the 60’s. Instruments occupying the living room, songwriting, and super loud rehearsals would soon follow.

https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/14322245_1217139451639497_4617876541909498169_n.jpg?oh=3ae5c509c5a085ded5f3082bebf16ab4&oe=589879B6

Antes da formação dos Ménage, a Bela, o Gabriel e o Basílio viveram em Nova Iorque, Canadá, Toronto e Los Angeles, tendo integrado diferentes projetos musicais. Que influências estes trabalhos tiveram nos Ménage?

PT: Os Ménage não são parecidos com nenhum dos projeto dos quais fizemos parte. Nós, naturalmente, aprendemos e ganhamos experiência com todas as etapas de nossas vidas. Aprendemos ao fazer várias tours, a dirigir VANS com reboques, a tocar em espetáculos depois de muitas rodadas de aguardente em Portugal... Mas trabalharmos os três dentro de uma sala, juntos, já não tentávamos desde a escola primária.

ENG: Ménage is nothing like nothing any of us had ever done before. We of course learn and gain experience with every phase of our lives. Touring, learning to drive vans with trailers, learning to play shows after many shots of aguardente in Portugal... But the 3 of us in a room working together, we had not attempted since grade school.

Para além destes antigos projetos, que outros artistas ou géneros vos influenciam?
 

PT: Entre nós, temos alguns gostos musicais diferentes, mas acho que se é credível, e se te marca realmente, é isso que importa. Pode ser Rage Against The Machine, SIA ou Cat Stevens. Contanto que seja sincero. O álbum que ouvi mais recentemente foi o Twenty One Pilots.

ENG: Between us, we have a few different musical tastes, but I think if it is believable, and hits you hard, that is what matters. It can be Rage Against The Machine, SIA or Cat Stevens. As long as it’s sincere. The latest album I am listening to is Twenty One Pilots. 

 https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/10858482_889430037743775_7668773044549439990_n.jpg?oh=4ca48c716398fee0ecee2cf968aea785&oe=58CEE8AB

Para quem ainda não vos conhece bem, como descreveriam a vossa música?

PT: Essa é uma pergunta muito difícil. Algumas pessoas consideram-nos uma banda feminina e são atraídas pelas músicas que a minha irmã canta, outras ouvem o nosso lado mais "pesado". Cada música começa com uma letra e uma melodia num violão. Assim, a nossa música pode ser despojada e tocada para um bebé a dormir e ainda assim funciona. Ouvi uma frase sobre nós que dizia: "Os Menage são como se Cyndi Lauper se juntasse a uma banda de punk com seu irmão que grita e toca guitarra, enquanto outro toca entusiasticamente na bateria."

ENG: A very tough question. Some people consider us a female band and are drawn to the songs my sister sings, others hear our heavier side. Every song starts with a lyric and a melody on an acoustic guitar. So our music can always be stripped down and played to a sleeping baby, and still work. One quote I have heard is “Menage is like If Cyndi Lauper joined a punk band with her brother who screams and plays guitar while another hits really hard on the drums.”


Foi em 2013 e 2014 que os Ménage começaram a ganhar popularidade na América do Norte. “Out Time is Now” foi eleita a Melhor Canção Rock do Ano no International Portuguese Music Awards. Qual a importância deste prémio para a vossa carreira?

PT: Os International Portuguese Music Awards são especialmente importantes para nós porque somos reconhecidos pela nossa própria comunidade. Fora de Portugal, onde facilmente se esquece de onde se vem e se perde um sentido de unidade, os momentos como este são realmente importantes. Para nós, é muito mais do que "outro prémio" de música.

ENG: The International Portuguese Music Awards are especially important to us because it is us being recognized by our own community. Outside of Portugal where you can forget where you came from and lose a sense of unity, moments like these are really important. For us it is a lot more than another music award.

https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/t31.0-8/10339366_764233290263451_2134204187337776504_o.jpg

Durante o mês de setembro, deram doze concertos na China. Visitaram espaços como o MTA Festival ou o Dream Sonic Festival e o vosso último álbum, “The Great American Lie”, teve um grande impacto na Ásia. A que acham que se deveu este sucesso?
 

PT: É sempre difícil dizer porque é que algo corre bem ou, pelo contrário, porque não é tão bom. O melhor que podes fazer é tocar e dares o melhor espetáculo possível, escrever a música mais honesta que conseguires e então alguém vai pegar nisso. Na China, poderia ter sido uma letra, poderia ter sido um som que era novo para eles, não sei. O que eu sei é que nós iremos, definitivamente, voltar lá. O público chinês foi incrível para nós.

ENG: It is always hard to say why something goes well or something goes not so good. All you can do is play the best show you can, write the most honest music you can and someone will get it. In China it could have been a lyric, it could have been a sound that was new to them, I don’t know. What I do know is we will definitely be back. The Chinese Audiences were amazing to us.

Graças a essa popularidade, receberam o título de “Artist of the Week” na China. Como receberam esta novidade?
 
PT: Foi o nosso promotor chinês que nos notificou. É, naturalmente, uma honra ser falado num país como este. Na China, eu consegui encontrar uma série de notícias sobre nós ... infelizmente, era tudo em chinês. Eles podem estar a escrever que somos ótimos, ou podem dizer que somos a pior banda que visitou a China. Eu depois conto-vos, quando tiver conseguido traduzir isto.

ENG: It was our Chinese promoter who notified us. It is of course an honor to be noticed in such a massive country. While in China, I would find a lot of press about us... unfortunately it is all in Chinese. They can be writing how great we are, or how we are the worst band to have ever toured China. I will let you know when I get it translated.



Where is My Mind?” é o mais recente tema lançado pela vossa banda, que surge de uma vontade dos fãs em ouvirem a vossa versão de estúdio da música dos Pixies. O que tem este tema de especial?
 

PT: Embora os Pixies não sejam uma banda portuguesa, tocar esta música foi realmente uma inspiração que surgiu do nosso tempo passado em Portugal. Eu ouvi esta canção, provavelmente, em cada bar no qual entrei. Penso que simboliza aquelas noites tardias que passámos em Portugal. Decidimos começar a tocar ao vivo. Perguntaram sempre onde é que podiam fazer o download da música ou se ela estava no álbum. Então finalmente decidimos colocá-la como um single para todos aqueles que a pediam.

ENG: Although the Pixies are not a Portuguese band, playing this song was actually inspired by our time spent in Portugal. I have heard this song in probably every bar I remember being in. I think it symbolizes those late nights for all of us here in Portugal. We decided to start playing it live. We were always asked where that song could be downloaded or if it was on the album, so we finally decided to put it out as a single for everyone who had been requesting it.

Depois da Ásia, seguem-se espetáculos nos EUA, Canadá e na Europa. Gostariam de vingar no panorama musical português ou a vossa grande aposta é mesmo o mercado internacional?


PT: Portugal é uma grande parte da Menage. Na verdade, parte de "Where is My Mind" foi gravada em Portugal. Provavelmente é o país mais divertido e louco para se fazer uma digressão e encontramos sempre qualquer desculpa para estar por cá... Parece que temos alguns espetáculos de "fim de ano" no nosso país e espero que voltemos no início de 2017. Temos a sorte de ter o nosso álbum lançado em outros países e temos de viajar e tocar, mas Portugal é um lugar especial para nós, onde quer que estejamos.

ENG: Portugal is a big part of Menage. Actually part of “Where is My Mind?” was recorded here in Portugal. It is probably the most fun and crazy country to tour, and we always find any excuse to be here... It looks like we have a few “end of the year” shows here in Portugal and hopefully we will be back early 2017. We are fortunate to have our album released in other countries and we get to travel, wake up and play music, but Portugal has that special little place in us wherever we are. 

O que podemos esperar dos Ménage nos próximos tempos?

PT: Estamos sempre a escrever, então o próximo tema a ser lançado já está a ser trabalhado. Até agora, acho que posso dizer que está a ficar mais próximo de "Synth heavy". Estamos a explorar novos sons. Até lá, teremos um festival no Canadá, espetáculos de fim de ano em Portugal, uma tour europeia no início de 2017 com uma banda de Los Angeles (não sei qual, ainda) e iremos à China na primavera. Mas as coisas mudam a toda a hora, portanto fiquem ligados em www.menagetheband.com e www.facebook.com/menagetheband

ENG: We are always writing, so the next release is currently being worked on. So far I think I can tell you it is sounding a little more Synth heavy. We are exploring some new sounds. A festival in Canada, end of year shows in Portugal, European tour early 2017 supporting a Los Angeles band (can’t say who yet), China in the spring. But things change all the time so stay tuned at www.menagetheband.com and www.facebook.com/menagetheband
 
Saídos da Rádio - T2 | Edição 13
Outubro de 2016
Convidados: Ménage
Entrevista: André Pereira


Sem comentários