Televisão Nacional

test

Duplo Clique | "Engorda-me que eu Gosto"



Chama-se Best Bakery – A Melhor Pastelaria de Portugal e representa duas estreias assinaláveis na SIC: um programa de entretenimento e gastronomia no horário nobre de domingo e Ana Guiomar, atriz, no papel de apresentadora.

O canal que durante meses andou a lutar contra a obesidade e a defender estilos de vida mais saudáveis é o mesmo que agora procura manter os portugueses colados ao ecrã (e ao sofá) a ver pasteleiros fabricar bombas calóricas. É irónico, mas como já ninguém se lembra, vamos lá ver como é este concurso dos pesos pesados das pastelarias portuguesas.

A arte da boa cozinha saltou definitivamente para a televisão. É certo que sempre houve programas de culinária, mas nunca tantos e tão reconhecidos como se vê hoje, desde que na televisão generalista a TVI apostou em Masterchef Portugal, campeão de audiências aos sábados à noite em versão adulta e mais recentemente em versão infantil. A SIC quis provar do mesmo doce, apostando agora no formato internacional Best Bakery, produzido no Reino Unido entre 2012 e 2014.

 https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/14264112_327855560898098_2205639256691020371_n.jpg?oh=2d1cf1d871287b2c54a1d5210adbc3db&oe=58A1B39B

O pretexto é mais do que válido. Somos um país riquíssimo em tradições pasteleiras, quais bandeiras promocionais de cada uma das nossas regiões, e portanto faz todo o sentido que se faça um talent-show como este, que leva a televisão para junto das populações e dá a conhecer o país de touca de cozinha e jaleca. Best Bakery começa por fazer isso bem, contanto as histórias das pastelarias e das pessoas responsáveis por fazer os portugueses mais felizes (pelo menos ao nível do estômago), com reportagens bem produzidas.

Se esse é um atributo que pode agarrar uma parte dos espetadores, é bem capaz de cansar muitos outros. Best Bakery não consegue convencer um espetador que não se interesse tanto por pastelaria ou cozinha a estar mais do que dez minutos sintonizado, porque demora demasiado a chegar aos momentos decisivos do episódio, os quais se relevam também emocionalmente frouxos.

Competente a atrair e fixar a atenção do público sobre si, está Ana Guiomar, 27 anos, atriz de provas dadas que se revela surpreendentemente bem no papel de apresentadora, em absoluta estreia profissional. No primeiro episódio, Ana Guiomar mostrou ter o perfil adequado para a temática e estilo do programa, pelo seu carisma, à-vontade perante às câmaras e capacidade de ter uma presença destacada em articulação com os jurados e os concorrentes.

https://scontent.flis2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/13939447_313670678983253_5481996937764790985_n.jpg?oh=f471111392354d688b7a91836f3ab04c&oe=58AD91C3

A continuar assim, confirma ser uma aposta ganha pela SIC, que tal como os outros canais, tem cometido o erro de colocar sempre as mesmas caras à frente de novos programas, sem dar oportunidade quer a outros profissionais, quer até aos jovens que todos os anos saem das universidades à procura de uma chance no pequeno mercado da televisão nacional.

Ao lado da jovem apresentadora estão os chefs Telmo Moutinho e Luca Arguelles, televisivamente mais tímidos e menos descontraídos. É aos jurados que cabe a difícil tarefa de prova e apuramento do melhor doce de pastelaria português. Um projeto que a própria SIC anuncia ser “impróprio para gulosos” – e para diabéticos –, sendo certo que as imagens de tantos doces e bolos são capazes de deixar o espetador a salivar.

Mas será que o prato gastronómico de Carnaxide é a sobremesa preferida dos portugueses? Best Bakery conseguiu uma média de 845.200 espetadores fidelizados na estreia e a menor distância audiométrica do canal, a um domingo à noite, face à concorrência mais direta. Quando The Voice acabou na RTP, a audiência migrou automaticamente para a SIC, atraída pelo fator novidade. O tempo dirá se esta nova aposta é capaz de “engordar” tanto as audiências da SIC como engorda os espetadores.
   
Best Bakery – A Melhor Pastelaria de Portugal, para ver aos domingos, às 22h, na SIC.

Duplo Clique - 84ª Edição
Por André Rosa

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.