Header Ads

test

Ana Bacalhau anuncia álbum de estreia a solo


Ana Bacalhau estreia-se a a solo, após uma década a dar voz às canções da Deolinda. "Nome Próprio" é o nome deste primeiro álbum a solo, com produção de João Bessa e Ana Bacalhau, masterizado nos estúdios de Abbey Road.

Sentindo o chamamento de se lançar em novas direcções, de dar voz a novos autores e às suas próprias composições, Ana Bacalhau contou com a preciosa ajuda de queridos e talentosos amigos, que entenderam exatamente aquilo que ela queria dizer.

Samuel Úria, Jorge Cruz, Nuno Prata, Afonso Cruz, Nuno Figueiredo, Capicua, Márcia, Carlos Guerreiro e Francisca Cortesão são os nomes que constam de "Nome Próprio".

Na gravação do disco, Ana Bacalhau contou com Luís Figueiredo (piano, teclados), Luís Peixoto (cavaquinho, bouzouki, banjo), Zé Pedro Leitão (contrabaixo, baixo) e Alexandre Frazão (bateria, percussão), músicos que a acompanharão ao vivo.

O anúncio deste primeiro álbum a solo, de uma das mais aclamadas intérpretes portuguesas, fez-se a 25 de maio, com "Ciúme", um tema composto por Miguel Araújo, com participação especial dos músicos Mário Delgado (guitarra eléctrica) e Amadeu Magalhães (cavaquinho).

A 25 de maio, para além da estreia do single nas rádios e com videoclipe a condizer, ficou também disponível o álbum, em pré-venda, digitalmente, no iTunes, com 5 temas a serem "libertados" até 20 de Outubro, e na Fnac, com desconto e uma edição exclusiva, em cartão e com uma canção extra, "Dama da Noite", de António Zambujo e João Monge.

Após o lançamento do álbum, Ana Bacalhau transportará estas canções para o palco numa digressão que promete passar por todo o país.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.