Header Ads

Hoje à noite, Homens da Luta na Eurovisão

 http://img.photobucket.com/albums/v195/songcontest/Dusseldorf2011/DSC_0274.jpg

São os 16º a actuar na 1ª semi-final da 56ª edição do Festival da Canção da Eurovisão 2011. O certamente começa às 20h00, na RTP1, e os Homens da Luta sobem ao palco com a 'Luta é Alegria', em Düsseldorf, para tentarem conquistar um lugar como finalistas.

Ao longo dos últimos dias a comitiva portuguesa tem dado que falar lá fora. Consciente do sucesso já alcançado em Dusseldorf, no palco, na rua, em conferências de imprensa e entrevistas, os Homens da Luta não se atrevem contudo a antecipar um resultado para esta semi-final. Para Jel, "prognósticos só no fim do jogo".
 


Ainda assim, o humorista e cantor garante que logo à noite "não vamos poupar esforços", garante Jel a partir de Dusseldorf. "Seja qual for o resultado, já valeu a pena. A nossa alma nunca foi pequena", sublinha.

Ainda assim, para eles a vitória não é o mais importante, mas sim 'dar nas vistas' e passar a mensagem de inconformismo social. As suas canções são uma rábula às cantigas de intervenção do tempo do PREC, com os membros do grupo evocando nas indumentárias e nos modos os cantores dos anos 70.

Em declarações à Agência Lusa, Simone de Oliveira diz que ' A Luta é Alegria' "é panfletária e tem mais razão de ser num comício" e José Cid diz já ter ouvido "canções de protesto mais bem cantadas, melhor tocadas e com melhor letra". Também António Calvário diz que, apesar de gostar da canção, esta "não é um tema para representar Portugal na Eurovisão, porque reflecte o contexto especial, tem a ver com os nossos problemas e nada a ver com o Festival".


Na semi-final desta noite, irão competir com Portugal a Polónia, Noruega, Albânia, Arménia, Turquia, Sérvia, Rússia, Suíça, Geórgia, Finlândia, Malta, São Marino, Croácia, Islândia, Hungria, Lituânia, Azerbaijão e Grécia.

Sem comentários