Header Ads

test

Segunda Opinião | Agarra a Música


Agarra a Música é, acima de tudo, um programa cheio de dinâmica e muito descontraído, tendo a receita certa para brilhar. O seu principal objetivo é mesmo esse: fazer o espectador rir e passar bons momentos de televisão.

Com apresentação de João Paulo Rodrigues e Cláudia Vieira, Agarra a Música estreou a 15 de janeiro de 2017 nas noites de domingo da SIC. O programa baseia-se no original Cue The Music e coloca duas equipas de famosos em competição, onde estes tem sempre de adivinhar qual o tema musical de que se fala com quatro opções de resposta. 

No chão estão 4 linhas - com cores correspondentes às opções - e onde o concorrente tem que se deslocar para a que considera correta. Quanto mais rápido forem, mais pontos ganham.
Agarra a Música dá oportunidade aos telespectadores de jogarem em casa, dando a sensação de que estão em estúdio. Esta aplicação promove a interatividade, embora não seja novidade na televisão portuguesa. Rising Star da TVI e The Big Picture"da RTP1 também fizeram a mesma aposta. Contudo, nota-se a vontade do canal de Carnaxide em crescer e competir de forma diferenciadora com a concorrência.

http://www.hardmusica.pt/media/k2/items/cache/89cf82674c772b565957dba90e58613d_XL.jpg

A SIC decidiu apostar numa nova dupla para os seus serões de domingo, juntando Claudia Vieira a João Paulo Rodrigues, uma boa opção, visto que dupla funciona muito bem. Ainda assim, Cláudia Vieira tem muito por onde melhorar, apesar da visível evolução na área da apresentação. 

A apresentadora mostra-se ainda um pouco insegura, contrastando com um à vontade de João Paulo Rodrigues, um apresentador que merece completamente este desafio e visibilidade que o canal lhe deu. Desde Não Há Bela Sem João da TVI e agora com Queridas Manhãs que tem mostrado talento e é atualmente um ótimo comunicador.

Apesar da mecânica animada do programa, a SIC decidiu ainda investir em Rui Unas e Luciana Abreu para líderes de equipa, juntando de um lado a animação e de outro o talento. Mais duas excelentes aquisições. Conseguem dar mais brilho ao formato, aquilo é a casa deles, fazem-no para divertir e para se divertirem, nota-se que estão ali a 100%. 

http://images.cdn.impresa.pt/tvmais/2017-01-06-_LC_0765.JPG?v=w1090h654

O cenário do programa é outro ponto a favor. Consegue transmitir a novidade que o formato quer passar. Está bem elaborado e tem uma iluminação muito profissional. Para além disso, os responsáveis pelas caracterizações, escolhas musicais e qualidade do som estão de parabéns. Todos estes pontos contribuem para o sucesso do concurso. 

Este Agarra a Música é, acima de tudo, um programa cheio de dinâmica e muito descontraído, tendo a receita certa para brilhar. O seu principal objetivo é mesmo esse: fazer o espectador rir e passar bons momentos de televisão, parecendo por vezes que aqueles concorrentes estão na nossa própria sala a jogar connosco.

Depois da queda de resultados do canal e perda da vice-liderança para a RTP1, Agarra a Música conseguiu "agarrar" espectadores e recuperar parte dos números que já fizeram a SIC cantar de alegria. É a prova viva de que o sucesso se atinge através do empenho de uma equipa. Por vezes, o objetivo não tem que ser fazer melhor que a concorrência, mas fazer diferente e bem. Para já, os portugueses têm gostado deste "tom", que parece ser o mais certo, nas noites da SIC.

Segunda Opinião -  74ª Edição
Por Filipe Vilhena
Uma rubrica em parceria com o Diário da TV

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.