Header Ads

Segunda Opinião | 4 anos de "Queridas Manhãs"

 http://images.cdn.impresa.pt/impresa/2014-01-30-site-ip_960X546.jpg/original

O "Queridas Manhãs" celebrou a 3 de fevereiro de 2018 o seu 4º aniversário. O programa de Júlia Pinheiro e João Paulo Rodrigues continua no ar nas manhãs da SIC e nunca se conseguiu impor nas audiências.

Ainda assim, o talk-show tem apostado em muitas novidades ao longo destes quatro anos. Depois de ter assumido as manhãs da SIC a solo, Júlia Pinheiro recebeu um novo parceiro vindo diretamente da TVI. O também ator e cantor revelou-se rapidamente uma boa aposta da SIC.

O público estava habituado a João Paulo Rodrigues, que, depois de se tornar famoso pelo seu papel no programa "Telerural" da RTP, conquistou definitivamente os portugueses com a participação em "A Tua Cara Não Me É Estranha".

Apesar da cumplicidade entre a dupla, o programa ainda não conseguiu tornar-se o preferido dos telespectadores. A verdade é que "Queridas Manhãs" trouxe alguma estabilidade às audiências matinais da SIC mas, a partir de certo momento, não conseguiu subir.

Enquanto isso, o "Você na TV" mantém-se líder incontestável. Numa altura em que o "Juntos à Tarde" chega ao fim da SIC - depois de "Boa Tarde" e "Grande Tarde" terem sido também cancelados - a questão continua a colocar-se. O que falta só daytime da SIC para agarrar mais espectadores? Que formatos querem os portugueses ver? Ou será que o "Você na TV" agarrou definitivamente os espectadores?

Certo é que as tentativas da SIC em trazer um programa de entretenimento cada vez melhor continuam. Para já, "Queridas Manhãs" irá manter-se no ar e os apresentadores prometem continuar a dar aquilo a que já nos habituaram: uma cumplicidade natural que promete conquistar os telespectadores.

Segunda Opinião - 111ª Edição 
Uma rubrica em parceria com o
http://diario-da-tv.blogspot.pt/

Sem comentários