Top Ad unit 728 × 90

Últimas

recent

Vale do Fim | Capítulo 35 (Parte 3)

 
Também disponível no Wattpad em http://goo.gl/uVVbsb 

Capítulo 35 (Parte 3) - A Partida

Santiago passara grande parte da noite a fazer o texto que iria proferir na noite seguinte. Ele tinha de ser convincente e ao mesmo tempo não podia dizer que tinha a cura, apenas tinha descoberto algo para o andamento. Se ele dissesse que tinha a cura provavelmente o seu pai iria raptá-lo e torturá-lo até que ele lhe dissesse a forma, e, mesmo sendo ele seu filho, provavelmente o mataria depois de a saber. Ele apenas o queria trazer até Vale do Fim, aí eles estariam preparados para que ele não levasse a menina, e ainda fosse capturado.
Além disso ele pensava no que Alina lhe tinha dito quando ficaram os dois sozinhos no quarto. Ele sabia que ela tinha razão, que aquilo podia ser a hipótese que ele ainda não tinha colocado sobre a mesa. Era algo difícil aquilo que ela estava a pedir. Ele pensava na proposta e sabia que ela tinha razão, aquilo poderia ser uma hipótese, mas ainda havia algo para se fazer, saber se aquilo era possível de se realizar.
Deixou aqueles pensamentos para trás e focou-se novamente no seu discurso. Estava tão excitado que, quando terminou de ler o seu documento, pegou no telemóvel e ligou para Adão. Sabia que era tarde, mas o rapaz provavelmente também não estaria a dormir. O dia seguinte era importante para todos, era impossível Adão conseguir dormir ao saber que o dia que se seguia teria de voltar para o sitio que mais odiava, o sitio que se pudesse nunca mais voltaria. Se tudo corresse como planeado seria a última vez que por lá passava.
Santiago ficou surpreendido quando viu que Luna veio com o rapaz. Reparara que naquele dia eles tinham estado muito tempo juntos. Isso fê-lo sorrir. O cientista foi dos únicos que acompanhara o crescimento rápido de Adão. Ele sempre vivera sozinho, solitário, quase sem qualquer tipo de companhia. A mudança para Vale do Fim tinha-lhe feito bem, ele agora tinha apoio, tinha amigos e tinha a sua família. Vendo isso custava-lhe ter de o enviar para a Área X, mas ele não podia fazer mais nada. A ideia de levar o rapaz para acabar com a sala de controlo sempre estivera na sua mente, mas intensificou-se mais com o que aconteceu em Paris. Os híbridos mataram agentes da autoridade de uma forma barbara após um deles deixar um dos seus irmãos inconsciente. Adão é igual a eles, se eles só se aperceberem que algo está errado quando ele destruir a sala de controlo eles nunca vão conseguir fazer-lhe mal.
- Devias dormir um pouco Santiago! – Disse Adão com um sorriso parvo no rosto, semelhante aos que ele tinha na adolescência quando a saída com uma rapariga lhe corria bem.
- Não consigo! – Disse o homem. – Venham até aqui e leiam! – Ainda não tinham lido nem metade quando voltou a quebrar o silêncio. – Então que acham?!
- Calma Santiago! – Exclamou Luna. – Ainda estamos a terminar o segundo parágrafo!
Quando terminaram os dois olharam para ele e sorriram. Não foi preciso falarem para ele perceber que eles tinham gostado. Ele precisava que aquilo fosse convincente e pelo que os dois disseram a seguir, Santiago tinha a certeza de que era. Desligou então o seu computador e quando eles saíram deitou-se na sua cama e tentou dormir. Os seus pensamentos conseguiram vencê-lo e ele não pregou olho durante o resto da noite, ele estava ansioso por o que ia acontecer a seguir, estava ansioso para conhecer pessoalmente as duas pessoas que iriam ajudar Adão a invadir a sala de controlo e a destruí-la.
Will e Peter chegaram a Vale do Fim ao amanhecer. Santiago recebeu-os em euforia. Estava ansioso para que eles chegassem, mas não era o único. Todos os restantes elementos da Rebelião estavam ali à porta vendo o carro que Will conduzia parar mesmo há porta da moradia de Renato.
Foram deixados a sós quando desceram para a cave. Adão desceu com os três. Iria ser provavelmente a última conversa sobre a forma como iriam destruir a sala de controlo na Área X.
- Temos de arranjar uma forma permanente! – Declarou Peter de imediato. Depois daquela declaração, começou a falar sobre a invasão do Palácio de Buckingham, que, embora se tivesse passado há meses, parecia estar ainda bastante fresca na sua memória. 
Will concordou com o que foi dito com o outro segurança e contou também a sua experiência quando a enchente de híbridos invadiu a Casa Branca. Santiago podia observar o pavor no rosto de Adão. Ele compreendia a razão. Era uma grande responsabilidade para um rapaz. Provavelmente nos seus pensamentos não se julgava capaz de conseguir responder àquele desafio, mas Santiago sabia que sim, que ele era capaz de vencer, apenas temia uma coisa, se para vencer ele tivesse de morrer juntamente com os outros híbridos que estavam na sala de controlo.
- Nós temos de explodir com a sala de controlo. A única forma de termos a certeza que ninguém mais a põe funcional é essa! – Declarou Peter.
Era uma ideia um pouco extremista demais, mas Santiago temia que era uma das melhores soluções para o problema. Mesmo que não fosse pelas mãos de George algum outro ser desprezível iria a todo o custo tentar tornar possível o controlo daqueles seres e ordenar-lhes coisas horríveis. As pessoas podiam ser más, muito más mesmo, apenas para ter poder, apenas para se sentirem superiores, o homem sabia disso, contactara com muita gente em Vale do Fim para saber que isso era uma verdade inegável.
Olhou para Adão e percebeu que a cada palavra que ali era proferida, o seu medo aumentava. Ele sabia que estaria na sala de controlo no momento que a bomba explodisse, teria de ser ele a pô-la e se não saísse a tempo o que temia acontecia. Custava a Santiago vê-lo naquele estado.
Prosseguiram a reunião. Muito foi debatido, até algo que finalmente soltara um sorriso a Adão, ele sabia que isso iria fazê-lo sorrir, era uma boa ideia, uma excelente ideia, mas nem uma grande ideia podia fazer o rapaz deixar de pensar que aquele podia ser o seu ultimo momento ali, ao pé das pessoas que mais amava. Apenas o deixava mais esperançoso, apenas isso. 
Ficou também decidido tudo o que fariam nos primeiros instantes à chegada ao novo local. Santiago deu a Peter a chave do apartamento onde em tempos viveram Joel e Lígia e escreveu num papel as coordenadas exatas do local onde se encontrava a entrada para a Área X. Will e Peter eram agora os dois únicos, além dos principais membros do GDC, a saber onde a construção megalómana estava localizada.
Ao cair da noite deu-se a despedida. Santiago não conseguiu assistir sequer ao último adeus entre Alina e Adão antes da sua partida. Apertava-lhe o coração saber que ia ser o culpado pela sua separação. Era o culpado pela segunda vez. A mente dele recuara até ao primeiro dia de vida do rapaz. Naquele tempo, a prima era praticamente uma desconhecida para ele. Não se sentiu bem em tirar um bebé à sua progenitora, mas não se sentia culpado da forma que se sentia naquele momento. Por essa razão ele não quis assistir à despedida, principalmente por partilhar o mesmo medo com Adão. Ele próprio tinha medo que o rapaz morresse na Área X, que se tivesse de sacrificar por todas as pessoas que habitavam o mundo. Naquele momento ele estava afeiçoado ao rapaz, era inegável que Adão fosse a pessoa com quem ele mais se importava na vida, ele fora o filho que ele não teve.
Sem estar feliz ele e teve de ser forte. Era altura de fazer a transmissão, era a altura em que ele ia dizer ao mundo que tinha pistas sobre a cura. Era a altura em que o seu pai tinha de ficar com vontade de voltar a Vale do Fim. Ele tinha de estar na aldeia, só aí iria estar tão ocupado que não iria ligar aos avisos que a Área X estava a ser invadida, e se ligasse, talvez num primeiro instante nem lhe ocorresse o que estava verdadeiramente a acontecer.
Santiago percebeu que a transmissão tinha surtido o efeito necessário na tarde que se seguiu, na tarde em que vira o avião supersónico sobrevoar os céus de Vale do Fim. Aí o seu coração bateu mais forte, estariam eles prontos para o que estava a chegar?
Vale do Fim | Capítulo 35 (Parte 3) Reviewed by Fantastic on 19:00:00 Rating: 5

Sem comentários:

All Rights Reserved by Fantastic - Mais do que Televisão © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Fantastic. Com tecnologia do Blogger.