Header Ads

test

Segunda Opinião | "Beirais": a aldeia que já foi famosa


Estreada dia 13 de maio de 2013, "Bem-vindos a Beirais" foi uma das séries de mais sucesso na RTP1, tendo direito a 4 temporadas e 640 episódios, que só terminaram quando a direção da RTP1 foi alterada e Daniel Deusdado tomou posse. A produção teve quase 3 anos no ar, terminando assim 23 de março de 2016.

O final inesperado da produção das 21h deu-se, segundo os novos responsáveis do canal público, pela oferta de ficção das privadas, que já era suficiente e sendo canal público, a RTP deveria apostar em outro tipo de conteúdos, mais diversificados.

Foi assim que "Beirais" saiu do ar, após vários meses de sucesso, onde, inclusivamente, chegou a liderar sobre as privadas. A série era constantemente um dos programas mais vistos da RTP1.

Cerca de 2 semanas após o final do último episódio- já dia 4 de abril de 2016-, a produção low cost que contava com Pepê Rapazote foi chamada para as tardes, onde está até agora. Durante a sua reposição já teve no horário das 14h e no das 15h (onde se mantém por agora).

Após mais de um ano a ser repetida, a série já está mais que vista e as audiências mostram que o público está saturado das infinitas repetições de "Bem-vindos a Beirais". Mas, ainda assim, a RTP insiste em registar 7% de share a meio da tarde, entregando pouco mais de 1% de rating ao "Agora Nós".

Os objetivos da nova direção da RTP1 era diferenciar-se das privadas, mas a verdade é que com "Beirais" às 15h, o canal enfrenta a ficção da SIC e TVI com... ficção. A reposição da série não ajuda nas audiências nem no cumprimento do conceito de serviço público.

Tal como nas manhãs- onde foi introduzido "A Minha Mãe Cozinha Melhor Que a Tua" para retirar cerca de uma hora "A Praça"- o canal público pretende o mesmo nas tardes, de modo a oferecer conteúdo diferente das privadas. A verdade é que emitir "Beirais" depois d' "O Sábio" já não é uma boa ideia e o período carece assim de novo conteúdo.

Um game show ou um outro talk show são assim as opções mais acertadas para recuperar o fôlego que a RTP1 perdeu na faixa das 15h. É preciso a nova direção apostar neste horário, pois iria servir de alavanca à novela "O Sábio" e ao "Agora Nós". Mudanças são assim "Bem-vindas" em "Beirais".

 Segunda Opinião -  88ª Edição
Uma rubrica em parceria com o
http://diario-da-tv.blogspot.pt/

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.