Header Ads

"A Purga: Ano de Eleições" estreia segunda-feira no TV Cine 1


O dia da purga está a aproximar-se a passos largos, o que significa que durante 12 horas vale mesmo tudo... até... matar, sem qualquer tipo de punição. 

Todos os anos, a tradição cumpre-se e o Governo americano permite algumas horas em que tudo é permitido. Acontece que este é um ano de eleições e a purga está marcada para vésperas da ida às urnas. 
Os candidatos são a insurgente senadora Charlie Roan (Elizabeth Mitchell), que desafia o representante do chamado sistema, o ministro Edwidge Owens (Kyle Secor). Uma das propostas de Roan é a de terminar com o período de purga, argumentando que esta apenas serve para exterminar pobres e desprotegidos, em prol dos ricos e poderosos. A sua promessa eleitoral vai transformá-la num alvo preferencial durante este período atípico. 

O Sargento Leo Barnes (Frank Grill), já presente nos primeiros filmes da saga, A Purga (2013) e A Purga: Anarquia (2014), oferece-se para proteger a senadora durante as 12 horas do vale tudo. Quase 20 anos antes Charlie Roan tinha sobrevivido por pouco a um período de purga. Conseguirá fazer o mesmo agora? 

A Purga: Ano de Eleições, de James DeMonaco estreia a 5 de junho, segunda-feira, às 21h30, no TV Cine 1.

Sem comentários