Televisão Nacional

test

"Berlinale". Quatro curtas-metragens portuguesas em competição


A par da longa-metragem Colo, de Teresa Villaverde, a 69.ª edição da Berlinale, contará com mais quatro filmes portugueses em competição. As curtas-metragens são realizadas por Salomé Lamas, João Salaviza, Diogo Costa Amarante e Gabriel Abrantes.

Das quatro curtas-metragens, duas irão ser exibidas em estreia mundial e farão parte dos 19 títulos da competição oficial Berlinale Shorts. João Salaviza participa com o filme Altas Cidades de Ossadas, Salomé Lamas apresenta Coupe de Grâce, Diogo Costa Amarante mostra Cidade Pequena e Gabriel Abrantes compete com o filme Os Humores Artificiais.

Recorde-se que em 2012, João Salaviza venceu o Urso de Ouro na secção Berlinale Shorts, com o filme Rafa. Em 2016, foi a vez de Leonor Teles trazer o prémio para Portugal, com o filme Balada de Um Batráquio.

A realizadora e artista visual Filipa César vai estar, também, na edição deste ano do festival de cinema de Berlim com  Spell Reel. O filme não estará em competição e será exibido no programa paralelo, o Berlinale Forum.

A edição deste ano de Berlinale tem lugar de 9 a 19 de fevereiro, em Berlim.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.